Cry me a River: canção que marcou o término entre Justin Timberlake e Britney Spears completa 19 anos

Clipe icônico contou até com modelo sósia da cantora
Foto: Reprodução YouTube

No início dos anos 2000, Justin Timberlake e Britney Spears formavam o casal mais bombado e aclamado da música pop. Até por isso, o anúncio da separação dos dois, em 2002, chocou o mundo e dominou as notícias e a imprensa por dias.

E foi no dia 25 de novembro daquele mesmo ano que o cantor lançou o hit Cry me a River, como um claro recado à Britney após o término. Vamos relembrar essa história?

Na letra, Justin lamenta que a parceira não o valorizou e faz até alegações de infidelidade, como em: “Você não precisa dizer o que você fez/Eu já sei, eu descobri através dele/Agora não há mais chances entre você e eu, nunca mais vai haver/E não fique triste por isso”.

No videoclipe, o cantor entra às escondidas na casa de sua namorada, quebra os móveis e até se filma beijando outra mulher. Curiosamente, a modelo escolhida para interpretar essa namorada no clipe era muito parecida fisicamente com a Britney Spears.

Na época, o tom da letra e do clipe levantou fortes alegações de uma possível traição por parte da Britney como definidora da separação. Apesar disso, quando perguntados sobre essas especulações, ambos afirmam que apenas “decidiram seguir caminhos diferentes”.

Recentemente, Justin Timberlake comentou sobre o episódio em sua autobiografia, intitulada “Hindsight: And All The Things I Can’t See In Front Of Me”.  Na oportunidade, ele afirmou que compôs Cry me a River horas depois do término com Britney: “Eu traduzi meus sentimentos em uma forma que as pessoas pudessem ouvir e, esperançosamente, pudessem se relacionar com eles. As pessoas me ouviram e entenderam isso porque todos nós já passamos por isso” – disse o cantor.

No fim das contas, a canção se tornou um dos maiores sucessos da carreira de Justin Timberlake, alcançando o 3° lugar nas paradas da Bilboard. Vamos relembrar esse hit e seu clipe icônico? Dá o play aí!

Deixe um comentário

You have to agree to the comment policy.

Most Popular Topics

Editor Picks