Paulo Guedes diz que “Auxílio Emergencial” pode ser estendido

Ministro da Economia afirmou que o auxílio continuará sendo pago caso haja uma segunda onda da COVID-19

O Ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que o Governo pode prorrogar o “Auxílio Emergencial”.

De acordo com Paulo Guedes, o auxílio pode ser estendido por mais um tempo, caso aconteça uma segunda onda da pandemia do coronavírus.

Segundo o ministro, se os casos da doença aumentarem, será decretado novamente “estado de calamidade pública”, e o auxílio emergencial deve ser pago por mais tempo.

“Prorrogação do auxílio emergencial, se houver segunda onda, não é possibilidade, é certeza. Se houver segunda onda da pandemia, o Brasil reagirá como da primeira vez. Vamos decretar estado de calamidade pública e vamos recriar (o auxílio emergencial)”, explicou.

Vale lembrar que o “Auxílio Emergencial” está previsto para terminar no dia 31 de dezembro deste ano.

Deixe uma resposta

You have to agree to the comment policy.

Most Popular Topics

Editor Picks