Ministro Paulo Guedes afirma que Auxílio Emergencial pode voltar

Benefício deve ser focado em desempregados e trabalhadores informais
Ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco
Foto: Divulgação/Ministério da Economia

O Ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que o governo pode oferecer uma nova rodada do Auxílio Emergencial.

Segundo Guedes, o auxílio pode ser focado em cerca de 32 milhões de brasileiros, que estejam desempregados ou que são trabalhadores informais.

“Ao invés de atendermos 64 milhões de pessoas, pode ser a metade disso [para 32 milhões de pessoas]”, afirmou.

Segundo o recém-eleito presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, é preciso socorrer as pessoas que estão desamparadas. Pacheco disse que Paulo Guedes vai encontrar um caminho para a retomada do Auxílio Emergencial.

“Senti de Guedes boa vontade de encontrar solução, vai encontrar o caminho para compatibilizar a questão fiscal. Temos que ter sensibilidade humana e socorrer essas pessoas”, revelou Pacheco.

O Auxílio Emergencial foi criado no ano passado com o objetivo de diminuir a crise econômica causada pela pandemia do coronavírus. As pessoas beneficiadas pelo Auxílio receberam cinco parcelas de 600 reais e mais 4 parcelas de 300 reais.

Deixe uma resposta

You have to agree to the comment policy.

Most Popular Topics

Editor Picks