[ Homenagem ] Relembre o lado músico do eterno Jô Soares

Apresentador era um profundo conhecedor do jazz e chegou a lançar discos ao longo de sua carreira. Confira!
Foto: Reprodução

Esta sexta-feira (05) amanheceu com a triste notícia da morte do apresentador e humorista Jô Soares, que nos deixou aos 84 anos.

Em homenagem ao eterno Jô, a MIX relembra um dos lados poucos lembrados da sua personalidade: o Jô MÚSICO!

Pra você que não sabe, o apresetador tem dois álbuns lançados ao longo de sua vida: o “Norminha”, de 1972, e o “Jô Soares e O Sexteto – Ao Vivo no Tom Brasil”, lançado em 2000.

O primeiro trata-se de um álbum de comédia, com paródias e canções bem-humoradas, onde Jô canta como se fosse o seu personagem do programa que fazia na época, intitulado “Faça Humor, Não Faça Guerra”.

Uma curiosidade interessante é que esse é um disco considerado muito raro, já tendo sido vendido por cerca de R$250 reais em sebos.

Norminha (álbum) – Wikipédia, a enciclopédia livre
Capa do disco “Norminha” (1972).

O álbum mais recente trata-se de uma apresentação ao vivo de Jô com o Sexteto de seu programa, composto por Tomati, Bira, Osmar Barutti, Chiquinho Oliveira, Derico Sciotti e Miltinho.

No show, o grupo toca grandes standards do jazz e Jô Soares rouba a cena nos vocais e tocando bongô e cornet, uma versão compacta do trompete.

Jô Soares e O Sexteto - Ao Vivo no Tom Brasil – Wikipédia, a enciclopédia  livre
Capa do disco “Jô Soares e O Sexteto – Ao Vivo no Tom Brasil” (2000).

Além dos discos, Jô ainda demonstrou o seu conhecimento musical quando apresentava o programa “Jô Soares Jam Sessions”, na Rádio Eldorado, entre o final da década de 1980 e início dos anos 1990.

Deixe um comentário

You have to agree to the comment policy.

Most Popular Topics

Editor Picks